ESCOLA DE ENSINO MÉDIO DEPUTADO FERNANDO MOTA

Visão da Escola: Contribuir para a formação de cidadãos críticos e conscientes, preparados para o exercício da vida num ambiente de parceria, criatividade e respeito mútuo. A escola ministra o Ensino Médio regular, manhã, tarde e noite.

ESCOLA DE ENSINO MÉDIO DEPUTADO FERNANDO MOTA

Visão da Escola: Contribuir para a formação de cidadãos críticos e conscientes, preparados para o exercício da vida num ambiente de parceria, criatividade e respeito mútuo. A escola ministra o Ensino Médio regular, manhã, tarde e noite.

ESCOLA DE ENSINO MÉDIO DEPUTADO FERNANDO MOTA

Visão da Escola: Contribuir para a formação de cidadãos críticos e conscientes, preparados para o exercício da vida num ambiente de parceria, criatividade e respeito mútuo. A escola ministra o Ensino Médio regular, manhã, tarde e noite.

17/04/2014

Reunião Bimestral de Professores

A EEM Deputado Fernando Mota realizou, no dia 5 de abril de 2014, a reunião bimestral referente ao primeiro bimestre de 2014. A reunião realizada a escola fortaleceu o vínculo com professores para o projeto Jovem do Futuro que foi implantado na escola nesse ano.
Durante a reunião foram discutidos também a reformulação do Projeto Político Pedagógico da escola (PPP) e o Regimento Escolar, para a esse fim foi nomeada uma comissão que fará estudos desses documentos escolar durante o mês de abril e maio.
Além dos itens anteriores, foi colocada em pauta a eleição dos professores coordenadores de área e formadores do projeto Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio. Os professores escolheram para PCA: João Rodrigues de Sousa Filho, Maria Edleuda Sousa Lopes e Alberto Cruz Mesquita, sendo os dois primeiros nomeados para serem formadores do programa.










































COMEMORAÇÃO DA PÁSCOA

Nessa quarta feira santa a Escola Deputado Fenando Mota realizou um momento ecumênico voltado para a paixão de Cristo com seus alunos.
O momento contou com a participação de alunos e professores que conduziram o momento com destreza. Os professores Elinardo Martins e Elena Flôr falaram da importância da conduta durante o feriado. O professor Rafael Nunes conduziu o evento cantando hinos de reflexão e louvor.

O núcleo Gestor da Escola Deputado Fenando Mota agradece a participação dos alunos e professores no evento e deseja a todos uma Páscoa cheia de realizações.


\

15/04/2014

FECIFEMA 2014

                       REGULAMENTO

A 5ª Feira De Ciências da Escola Deputado Fernando Mota, FECIFEMA 2014, é iniciativa da Área Ciências da Natureza, Matemática e Suas tecnologias apoiada pelo Núcleo Gestor da Escola Deputado Fernando Mota, tem como propósito fortalecer a aprendizagem através da Educação Científica, bem como propor um currículo que assegure ao aluno o seu desenvolvimento individual e coletivo, através da criatividade, do gosto pelas linguagens artísticas e pelo lúdico.

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

1.1 Da Entidade Promotora do Evento
A ESCOLA DE ENSINO MÉDIO DEPUTADO FERNANDO MOTA, com sede na cidade de Tejuçuoca-Ce na Rua Alfredo Pinto de Mesquita, 039 – Centro, Cep: 62610-000 – Fone: (85) 3323-1237 CNPJ N: 00120971/0040.
1.2 Dos Dirigentes
DIRETORA: Professora Rita de Cássia Cruz Pinto cel: 85 9193 9733
PROFESSOR COORDENADOR DA ÁREA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS: Professor João Rodrigues de Sousa Filho cel: 85 91423128

2. OBJETIVOS DO EVENTO

I. Estabelecer relações dinâmicas dos conhecimentos específicos das disciplinas da base comum do médio, com problemáticas sociais, culturais, econômicas e ambientais, de caráter local, regional, nacional e/ou global;
II. Envolver participações ativas, práticas e conceituais de alunos, na condução e avaliação do projeto e/ou revelar estratégias para envolver toda a escola, tendo em vista apresentação de procedimentos e resultados;
III. Contar com assistência científica, tecnológica e/ou pedagógica externa, compatível com a natureza das atividades do projeto, fornecida por instituição acadêmica ou educacional, que partilhe com a escola interesses no desenvolvimento do projeto;
IV. Promover o intercâmbio cultural e científico entre os participantes do evento;
V. Estimular a investigação e o interesse pelo estudo das ciências;
VI. Incentivar a participação dos alunos e professores em eventos científicos desta natureza.

3. JUSTIFICATIVA

A 5ª Feira De Ciências da Escola Deputado Fernando Mota, FECIFEMA 2014, representa mais uma ação de incentivo ao desenvolvimento de trabalhos científicos e culturais. Além disso, é um espaço rico de possibilidades para a expressão da criatividade e bem como para o desenvolvimento das habilidades do aluno, do professor e da escola, no campo da pesquisa.
Como lugar de acesso e produção de conhecimento, a escola desempenha um papel extremamente relevante, na medida em que introduz os jovens no universo da cultura científica, organizando, refletindo sobre conteúdos curriculares e contribuindo assim, para a construção de um ambiente de curiosidade e de entusiasmo em relação à pesquisa.
A FECIFEMA 2014 busca, fundamentalmente, ampliar o espaço para o desenvolvimento da curiosidade científica, em sua dimensão histórica, social e cultural, considerando os questionamentos que surgem das experiências, expectativas e estudos teóricos dos estudantes.

4. PÚBLICO-ALVO

Alunos e professores da Escola de Ensino Médio Deputado Fernando Mota.

NATUREZA DOS TRABALHOS

Serão aceitos trabalhos científicos nos seguintes domínios:
4.1.  Ciências Humanas e suas Tecnologias: História, Geografia, Filosofia, Sociologia, Antropologia e Ciência Política;
4.2.  Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias: Biologia, Química,  Física  e Matemática
4.3. Linguagens e Códigos e suas Tecnologias: Língua Portuguesa, Arte, Educação Física, Línguas Estrangeiras, Informática;
4.4.  Ciências Ambientais: Ecologia, Educação Ambiental, Saúde Ambiental e Gestão Ambiental.
4.5. Robótica Educacional: Robôs fixos e Robôs Móveis

5. DESCRIÇÃO GERAL DOS PROJETOS CIENTÍFICOS

5.1. Abrangência:
A FECIFEMA 2014 envolverá todos os alunos e professores que desejam participar abrangendo também ao anexo.
5.2. Projetos participantes:
Participarão todos os trabalhos, relacionados às áreas propostas neste regulamento, que tenham um Professor Orientador e, no máximo, sete alunos por trabalho.

5.3. Modalidades:
• Serão aceitos PROJETOS EM GRUPOS e INDIVIDUAIS
• Os projetos em grupo não poderão exceder a 07 (sete) alunos.
• Todos os projetos deverão ter a participação de 1 (um) Professor Orientador.
• Um professor poderá orientar qualquer número de projetos, ficando a critério.

5.4 Seleção:
5.4.1. Os projetos serão classificados por área e os vencedores defenderão a Escola Deputado Fernando Mota na Feira Regional da 2ª CREDE.
5.4.1.1 Em casos especiais a equipe organizadora decidirá quais equipes seguirão para a Feira Regional da 2ª CREDE.
5.4.2.  Os projetos inscritos que apresentarem irregularidades técnicas na formatação dos dados, na composição dos resultados ou qualquer outro item regulamentado pelo evento, poderão ser desclassificados ou punidos pela comissão julgadora ou pela comissão organizadora.

6. INSCRIÇÃO
6.1. A FICHA DE INSCRIÇÃO deve ser entregue à equipe organizadora entre os dias 28 a 31 de julho de 2014 no Laboratório Educacional das Ciências LEC, com os Professor João Paulo Andrade e Elinardo Martins.
6.2. Os trabalhos devem ser entregue à equipe organizadora entre os dias 04 a 08 de agosto de 2014.  
6.3. O projeto deverá ser entregue ao professor do LEC em formato de arquivo DOC ou ODT, com fotos das pesquisas realizadas, para que seja publicado no blog da escola.
6.4. Os trabalhos serão publicados no blog da Escola Deputado Fernando Mota (http://eemdepfmota.blogspot.com.br/) até o dia da Feira, sendo desclassificadas as equipes que por ventura não apresentares o projeto até o início da feira.
6.5.  Os responsáveis pelos trabalhados deverão providenciar os seguintes documentos:
6.5.1. Para a inscrição:
a) Ficha de Identificação da Equipe para a inscrição. (Anexo 1);
6.5.2. Para a entrega do projeto
b) Dados do projeto: (Anexo 2);
c) Resumo do projeto - 01 vias: impressa e outra em DOC - (Modelo Anexo 3);
d) Modelo do Banner (Anexo 6).
6.3.  Os resumos dos projetos que não estiverem de acordo com o modelo deste regulamento não serão publicados no blog da escola.
6.4. Descrição dos documentos:
A) Ficha de Inscrição: Os participantes deverão registrar seus dados de identificação (Anexo 1).
B) Resumo: Deverá se escrito em Português contendo, no máximo, 400 palavras.
O resumo será entregue impresso e em arquivo devidamente identificado. O arquivo será nomeado com uma palavra chave do projeto. O resumo do projeto, atendendo aos requisitos estabelecidos (Modelo no Anexo 3).
O texto será utilizado na publicação no blog da escola e aos avaliadores durante a feira.
O resumo será digitado no editor de texto WORD em fonte “Arial 11”, espaço simples. Ou no editor de texto ODT do LINUX em fonte “Arial 11”, espaço simples.
C) Deverá incluir: Introdução; Metodologia; Resultados; Considerações Finais.
D) NÃO SERÃO ACEITOS RESUMOS VIA FAX
E) NÃO SERÃO ACEITOS RESUMOS FORA DO PADRÃO ACIMA
6.5. Prazos:
A ficha de identificação (inscrição) deverá ser entregue entre os dias 28 a 31 de julho de 2014, aos professores do LEC.
6.6. Áreas:
6.6.1. Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: Língua Portuguesa Línguas Estrangeiras Educação Física Arte Informática.   
6.6.2. Ciências da Natureza, Matemáticas e suas Tecnologias: Biologia, Física, Química e Matemática. 
6.6.3. Ciências Humanas e suas Tecnologias: Filosofia, História, Geografia, Sociologia, Antropologia e Ciência Política.
6.6.4. Ciências Ambientais: Ecologia, Educação Ambiental, Saúde Ambiental e Gestão Ambiental.
6.6.5. Robótica Educacional: Robôs Fixos e Robôs Móveis.
6.7. O que define a área de inscrição é o objeto da pesquisa e não a sua aplicação.
6.8. Na inscrição, assinalar apenas uma opção dentro da categoria desejada.

7. EXPOSIÇÃO
 7.1. Todos os projetos devem ser apresentados obrigatoriamente o PÔSTER (banner), seguindo o padrão estabelecido pelo evento, também deverá ser apresentado o CADERNO DE CAMPO OU DE PESQUISA (Este ficará exposto na mesa que será disponibilizada na equipe da Gincana Cultural).
7.2. Os projetos, para serem expostos, precisam da aprovação da Comissão organizadora da FECIFEMA 2014.
7.3. Não será permitida a apresentação do projeto através de mídias eletrônicas ou por terceiros, somente os membros da equipe poderão defender seu projeto.
7.4. O espaço reservado para cada expositor é de 2,00m x 1,00m, onde será destinada uma mesa 1m x 1m;
7.5.  A apresentação visual deve ser em Português.
7.6. Para as categorias Robótica Educacional será permitido o uso de equipamentos eletrônicos, nos estandes desta categoria ficará disponível um ponto de energia. O trabalho desta categoria também deverá apresentar banner e caderno de campo.
7.7.  A categoria Robótica Educacional deverá trazer o seus próprios computadores, equipamentos  necessários à apresentação de seu trabalho e sobre eles devem ter toda responsabilidade.
7.8.  O não atendimento dos itens acima será motivo de desclassificação do trabalho ou punições.
8. ESTANDE
8.1. O estande das equipes serão os mesmos usados pela Gincana Cultural.
8.2. O uso de equipamentos e/ou ferramentas, tais como: multimídia, videocassete, televisão, microcomputador, retroprojetor, regulador de tensão, transformador  e  etc,  bem  como  outros  instrumentos  para  apresentação  dos  projetos  das categorias  Linguagens  e Códigos  e  suas Tecnologias, Ciências  da Natureza, Matemática  e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências Ambientais, deverão ser aprovados pela organização para que sejam apresentados na FECIFEMA.
8.3.  Nos estandes da categoria Robótica Educacional será disponibilizados um ponto de energia elétrica, não serão disponibilizados equipamentos e/ou ferramentas, tais como: multimídia, videocassete, televisão, microcomputador, retroprojetor, regulador de tensão, transformador e etc, bem como outros  instrumentos  para  apresentação dos  projetos.  Caberá à equipe apresentadora do projeto a responsabilidade de trazer os equipamentos que forem necessários e sobre eles manter total responsabilidade.

9. REGRAS DE SEGURANÇA:
9.1. Não serão permitidas as exposições dos seguintes itens:
a) organismos vivos (ex: plantas, animais, micróbios, etc.);
b) espécimes (ou partes) dissecados;
c) animais vertebrados ou invertebrados preservados (inclusive embriões);
d) órgãos ou membros de animais/humanos ou seus fluidos (sangue, urina, etc.)
Exceções: dentes, cabelos, unhas, ossos secos de animais, cortes histológicos dissecados e slides de tecido úmido quando completamente lacrado;
e) substâncias tóxicas ou de uso controlado;
f) colocação em marcha de motores de combustão interna;
g) fotografias ou quaisquer outras formas de apresentação visual de técnicas cirúrgicas, dissecação, necropsia ou outras técnicas de laboratório;
h) aparelhos de áudio que não façam parte do Projeto e conexão de Internet como parte da exposição do projeto.

9.2. Todo projeto inscrito em área inadequada poderá ser reclassificado pela Comissão Organizadora da FECIFEMA 2014 e informado aos autores.

10. AVALIAÇÃO DOS PROJETOS
10.1 Do Caderno de Campo ou de Pesquisa:
Neste documento, o(s) alunos(s) deve(m) ter registrado as etapas, que realizou para desenvolver o projeto, relatando todos os fatos e as datas respectivas. Caso seja continuação de projeto, o Caderno de Campo deve abranger o período, relativo a todo o desenvolvimento do projeto, o mesmo não deverá ser digitado, apenas manuscrito
O Caderno deverá conter:
a) Registro detalhado e preciso dos fatos, dos passos, das descobertas, das novas indagações;
b) Poderá ter fotos, gravuras, figuras e desenhos;
c) Registro das datas e locais das investigações;
d) Registro dos testes e resultados;
e) Entrevistas e consultas às pessoas-fonte;
f) Referências bibliográficas.

10.2 Da Exibição Visual e Apresentação Oral (Observar Anexo V):
A exibição visual deverá ser feita na forma de banner de maneira clara e objetiva, salientando os dados mais importantes, para possibilitar o perfeito entendimento do projeto. O banner deverá seguir o seguinte padrão técnico:
I. O banner deve ser confeccionado apenas depois que o trabalho tiver concluído.
II. Tamanho do banner: Largura: 90cm; Altura: de 90cm até 1,20m (no máximo).
III. O texto do banner deve ser legível a uma distância de, pelo menos, 1 m.
IV. Horário das Sessões de banner: Todo período de apresentação.
O Caderno de Campo não faz parte dos documentos de inscrição, porém, deve permanecer no expositor.

10.3 Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação Pontuação
a) Criatividade e inovação 20%
b) Conhecimento científico do problema abordado 20%
c) Metodologia científica 10%
d) Profundidade da pesquisa 10%
e) Clareza e objetividade na apresentação do trabalho 20%
f) Ilustrações e complementos 10%
g) Caderno de Campo 10%
10.3.1 Criatividade e Inovação (20%)
Criatividade é pensar coisas novas, inovação é fazer coisas novas e valiosas. Inovação é a implementação de um “novo” ou “significativamente” melhorado produto (bem ou serviço), processo de trabalho ou prática de relacionamento entre pessoas, grupos ou organizações.  Nem sempre a inovação é o resultado da criação de algo totalmente novo, mas, com muita frequência, é o resultado da combinação original de coisas já existentes. Algumas importantes inovações consistem de novos usos para objetos e tecnologias existentes.

10.3.2 Conhecimento científico do problema abordado (20%)
Do conhecimento científico nasce o raciocínio argumentativo que é extremamente relevante para o conhecimento das ciências. De posse do conhecimento científico o educando poderá construir modelos desenvolverá explicações do mundo físico e natural e será capaz de interagir com eles. Precisam demonstrar que aprenderam significativamente os conceitos implicados associados ao trabalho defendido, também precisam demonstrar que desenvolveram a capacidade de responder questionamentos sobre o seu trabalho de posse dos conhecimentos científicos.

10.3.3 Metodologia Científica (10%)
Os educandos precisam ser capazes de explicar como procederam as suas investigações; que instrumentos eles utilizaram para coletar dados; quais as fontes que eles pesquisaram, como eles tiveram acesso a estas fontes; em que período desenvolveram suas pesquisas todas estas explicações devem ter como amparo os conhecimentos científicos adquiridos.

10.3.4 Profundidade da Pesquisa (10%)
No decorrer da apresentação deverá ser possível perceber até que ponto os alunos se envolveram com a pesquisa; até que ponto eles demonstraram interesse em desenvolvê-la; até que ponto eles buscaram fundamentações científicas que fundamentassem a sua pesquisa, finalmente, em que nível científico a pesquisa ficou situada.

10.3.5 Clareza e objetividade na apresentação do trabalho (20%)
Levando-se em consideração o pouco tempo destinado à apresentação, já que o avaliador tem outros trabalhos para avaliar, os autores devem planejar com clareza e objetividade a sua apresentação de modo que o tempo seja otimizado e as informações compartilhadas possam ser bem explicadas e bem interpretadas.

10.3.6 Ilustrações e complementos (10%)
As equipes devem privilegiar o espaço do banner (0,90 x 1.20 cm) destinando a maior parte (cerca de 75%) deste para exposição de ilustrações (fotos, figuras, tabelas, quadros, gráficos, etc). No espaço restante deverão ser explanados os textos relativos ao trabalho apresentado. Caso a quantidade de ilustrações seja elevada será permitido a exposição de mais ILUSTRAÇÕES (textos não) nas paredes internas dos stands.

10.3.7 Caderno de Campo (10%)
No Caderno de Campo, o(s) alunos(s) deve(m) ter registrado as etapas que realizou para desenvolver o projeto, relatando todos os fatos e as datas respectivas. Se for continuação de projeto, o Caderno de Campo deve abranger o período relativo a todo o desenvolvimento do projeto.

10.4 Avaliação:
Cada projeto será avaliado por, no mínimo, 02 (dois) avaliadores, que poderão ou não se identificar.
Pelo menos um dos alunos expositores deverá permanecer sempre junto ao seu estande. O grupo de avaliadores deverá ser composto por professores, pesquisadores e profissionais ligados a escolas, universidades, empresas e instituições públicas e privadas. É vedada a interferência do professor orientador durante a avaliação.

11. CLASSIFICAÇÃO E PREMIAÇÃO DOS PROJETOS
11.1. Os projetos que, na área de inscrição, atingirem pontuação igual ou superior a 70% do total de pontos, serão classificados em primeiro, segundo e terceiro lugares de acordo com sua pontuação bruta, sendo esta classificação atribuída a, no máximo, 03 (três) projetos por área.
11.2. Os trabalhos classificados em primeiro lugar em cada categoria estarão classificados para Feira Regional da 2ª CREDE.
11.3. Os casos omissos sobre AVALIAÇÃO, JULGAMENTO E CLASSIFICAÇÃO serão resolvidos pela Comissão Organizadora da FECIFEMA 2013.
11.4. A FECIFEMA 2014 é uma prova da Gincana Cultural 2014, e sua apresentação ocorrerá no dia 15 de agosto de 2014.
11.5. A pontuação para a gincana seguirá o critério do item 10.3 e contará com uma pontuação total de 100 pontos no máximo.
11.6. A Gincana Cultural contará com quatro equipes que apresentará um trabalho científico, caso a equipe apresente mais de um trabalho, contará a pontuação da melhor equipe.
11.7. A equipe da gincana que apresentar mais de um (1) trabalho receberá bonificação na sua pontuação da seguinte forma:
11.7.1. Apresentação de dois trabalhos: pontuação do melhor trabalho, mais 5 pontos pela participação do segundo trabalho.
11.7.2. Apresentação de três trabalhos: pontuação do melhor trabalho, mais 5 pontos pela participação do segundo trabalho e mais 3 pontos pelo terceiro trabalho.
11.7.3. Apresentação de quatro ou mais trabalhos: pontuação do melhor trabalho, mais 5 pontos pela participação do segundo trabalho, mais 3 pontos pelo terceiro trabalho e acréscimo de 2 pontos para cada trabalho apresentado posteriormente a este.


12. PENALIDADES
12.1. A não observância das normas estabelecidas neste regulamento implicará prejuízos na avaliação dos projetos inscritos.
12.2. Atos de indisciplina, por parte dos expositores, serão encaminhados à Comissão Organizadora da FECIFEMA 2014 e estarão sujeitos à perda de pontos ou à desclassificação.
12.3. Casos especiais serão analisados pela Comissão Organizadora da FECIFEMA 2014.
12.4. A falta de organização dos estandes implicará sobre a avaliação realizada pelos jurados.
Esta análise será feita durante a apresentação dos trabalhos pelos organizadores, implicando uma penalidade de 5% os pontos da nota geral do projeto.
13. ESTABELECIMENTO DE PARCERIAS
As empresas e instituições educacionais selecionadas pela Comissão Organizadora para o estabelecimento de parcerias com a FECIFEMA 2014 e Gincana Cultural poderão contribuir com realização do projeto, em contrapartida, terão espaço para divulgação dos seus produtos, projetos e ações durante o evento.

14.  COMISSÃO ORGANIZADORA DA FECIFEMA 2014 (FEIRA DE CIÊNCIAS DA ESCOLA DEPUTADO FERNANDO MOTA)
14.1. Composição: A Comissão Organizadora é formada por Professores da Área das Ciências da Natureza Matemática e suas Tecnologias, do Núcleo Gestor da escola e pelos professores dos ambientes de aprendizagem;
14.2. Atribuições:
a) elaborar este regulamento;
b) planejar a realização do evento, definindo, nos termos deste regulamento, a sua programação e os meios necessários à divulgação da FECIFEMA 2014;
c) elaborar o planejamento orçamentário e financeiro para a realização do evento;
d) contratar serviços de terceiros;
e) providenciar locais que possibilitarão a realização de todas as atividades inerentes ao evento;
f) expedir os ofícios de convite para as sessões de abertura e encerramento do evento, bem como para outras atividades paralelas à exposição que integram a programação da FECIFEMA 2014;
g) resolver os casos omissos neste regulamento.
h) publicar os trabalhos no blog da escola.
14.3. A Comissão Organizadora, caso constate irregularidade no encaminhamento do projeto de pesquisa, deverá comunicar o fato ao professor responsável ou ao diretor de turma responsável pelo projeto, sugerindo, inclusive, o indeferimento da sua inscrição.

ANEXO 1- FICHA DE INSCRIÇÃO
DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

Orientador:_____________________________________Disciplina ________________________
Celular:________________________ E-mail:___________________________________________
Endereço Completo_______________________________________________________________

Aluno 1:________________________________________ sala _________________nº_________
Celular:_____________________________ E-mail:_____________________________________
Endereço Completo_______________________________________________________________

Aluno 2:________________________________________ sala _________________nº_________
Celular:_____________________________ E-mail:_____________________________________
Endereço Completo_______________________________________________________________

Aluno 3:________________________________________ sala _________________nº_________
Celular:_____________________________ E-mail:_____________________________________
Endereço Completo_______________________________________________________________

Aluno 4:________________________________________ sala _________________nº_________
Celular:_____________________________ E-mail:_____________________________________
Endereço Completo_______________________________________________________________

Aluno 5:________________________________________ sala _________________nº_________
Celular:_____________________________ E-mail:_____________________________________
Endereço Completo_______________________________________________________________

Aluno 6:________________________________________ sala _________________nº_________
Celular:_____________________________ E-mail:_____________________________________
Endereço Completo_______________________________________________________________

Aluno 7:________________________________________ sala _________________nº_________
Celular:_____________________________ E-mail:_____________________________________
Endereço Completo_______________________________________________________________

ANEXO 2 - DADOS DO PROJETO
a) Título: ____________________________________________________
b) CATEGORIA:
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.
Língua Portuguesa
Línguas Estrangeiras
Educação Física,
Arte
Informática    

Ciências da Natureza, Matemáticas e suas Tecnologias.
Biologia
Física
Química
Matemática

Ciências Humanas e suas Tecnologias.
Filosofia
História
Geografia
Sociologia
Antropologia
Ciência Política

Ciências Ambientais.
Ecologia
Educação Ambiental
Saúde Ambiental  
Gestão Ambiental

 Robótica Educacional.
 
Robôs Fixos
Robôs Móveis






ANEXO 3 - Resumo do projeto
Título: FRUTAS SILVESTRES DA CAATINGA – PRESERVAR PARA ALIMENTAR E PREVENIR PATOLOGIAS HUMANAS.
Autores                      
Luana Oliveira Santos 1
Evaldo Araújo de Sousa 1
Maria Pereira de Lima 1
Ana Oliveira Castro 2

1 Alunos da E.E.F.M. Deputado Fernando Mota
2 Professor da E.E.F.M. Deputado Fernando Mota

INTRODUÇÃO:
A caatinga se destaca por sua riqueza na diversidade vegetal a qual deve ser preservada em função do grande potencial alimentar e medicinal das frutas silvestres. Numa relação homem e ambiente está presente também à dependência onde  o  homem  retira  da  natureza  todos  os  recursos  pra  a sobrevivência da humanidade. O desconhecimento sobre as espécies frutíferas nativas do Brasil é algo cultural, conforme mostra alguns levantamentos bibliográficos, mas que apresenta uma riqueza e nutrientes importantes  para  a  dieta  humana.  Este estudo objetivou promover mudanças nos  hábitos alimentares da  população  deste Município como forma de pensar políticas de preservação ambiental bem como alimentar e prevenir várias patologias humanas.

METODOLOGIA:
No desenvolvimento deste projeto, de  forma  interdisciplinar, alunos e professores se sensibilizam para pensar e tomar iniciativas de preservação do meio ambiente, especialmente o bioma em estudo. Para a execução  do  projeto,  inicialmente  foi  realizado  um  levantamento  da  diversidade  de  frutas  silvestres através  de  formulário,  e  posteriormente  um mapeamento  na  região  de  Trairi,  sendo  estas  coletadas conforme o período de safra, acondicionadas e posteriormente fabricados algumas iguarias. Conforme o levantamento bibliográfico quanto à taxonomia, foram ainda pesquisados o princípio ativo de cada uma para descobrir o seu potencial medicinal. Conforme o cronograma de ações, esta etapa culminará com a produção de  Herbário  e  um  Atlas  de  botânica  escolar  que  servirá  para  o  acervo  de  pesquisa  de alunos.
RESULTADOS:
Neste  levantamento preliminar,  foram  identificadas  taxomicamente 20 espécies de  frutas, distribuídas em  18  ordens  e  16  famílias.  Destas,  todas  são  utilizadas  na  alimentação  humana,  13  possuem aplicabilidade  medicinal  e  todas  contribuem  de  forma  significativa  na  preservação  deste  importante bioma: a caatinga. A produção de  iguarias como doces, bolos, sucos, sorvetes, sucos são as  formas mais  comuns  no  processo  de  industrialização  como  forma  de  inserção  a  práticas  econômica  e ecologicamente correta.

CONSIDERAÇÕES FINAIS:
Os recursos naturais da caatinga possuem um grande potencial ambiental e econômico, desde que aja um manejo ecologicamente correto, atendendo não só os anseios da populaçãomas, sobretudo, práticas de preservação do Meio Ambiente. O projeto de preservação das frutas silvestres da caatinga, neste estudo preliminar mapeou 20 espécies das árvores frutíferas nativas ou adaptadas no semi-árido, distribuídas em 18 ordens e 16 famílias. Das espécies identificadas 13 possuem aplicação medicinal, 20 são utilizadas na alimentação humana e todas contribuem significativamente na preservação ambiental do bioma caatinga.
Palavras-chave: Preservação – Caatinga – Alimento – Aplicação medicinal.


ANEXO 5 - RESUMO GERAL DE DATAS
1.                  A ficha de identificação (inscrição) deverá ser entregue entre os dias 06 e 10 de maio de 2013
2.                  Os trabalhos devem ser entregue à equipe organizadora entre os dias 03 a 07 de junho de 2013.  
3.                  Realização da  FECIFEMA : 21 de junho de 2013.
Obs: Entregar o Projeto Científico ao professor responsável pelo LIC, laboratório interdisciplinar das ciências.


COMO FAZER UM BANNER CIENTÍFICO
1. Função do Banner
Sintetizar informações e dados relevantes da pesquisa.
2. Formato Gráfico
2.1 Tamanho do banner:  90cm de largura por 1,20m de altura ( 90cm x 1,20m).
2.2 Tamanho da fonte e espaçamento entre linhas: (legível a uma distância depelo menos 1m – dependerá da quantidade de informação contida; no banner).
◦ Tamanho recomendado de fonte para título: 40.
◦ Tamanho recomendado de fonte para texto: 26.
◦ Tamanho recomendado de fonte para gráficos, tabelas, fotos, figuras etc: 14 a 16.
◦ Tamanho recomendado de fonte para contato: 14 a 16.
2.3. Cor da fonte (Que se destaque da cor definida no plano de fundo do banner).
2.4 Alinhamentos: justificado.
2.5 Margens:(esquerda 3.0 cm / direita, superior e inferior 2,5 cm.).
3. Estrutura do banner
3.1 Título:
◦ Deve ser sintético e refletir a essência do trabalho, ou seja, o objeto de pesquisa.
◦ Deve ser centralizado.
3.2 Autores e Orientador(a):
◦ Citados por extenso.
◦ Deve ser centralizado.
3.3 Introdução:
◦ Apresenta uma visão geral do trabalho.
◦ Utilizando autores e teorias que dão subsídios ao trabalho.
◦ Descrição: Apresentação resumida da pesquisa e sua justificativa
(Relevância do problema ou tema estudado), realçando a relevância social e acadêmica do estudo.
◦ Hipóteses/Objetivos: Indicação daquilo que o pesquisador almeja descobrir com a pesquisa.
3.4 Metodologia:
Apresenta os procedimentos de coletas e análise dos dados.
Síntese da metodologia (análise do discurso, análise de conteúdo etc.) e dos procedimentos metodológicos (pesquisa em periódicos, observação, entrevista, etc.) adotados pelo pesquisador.
3.5 Resultados:
Indicação dos resultados alcançados, com breve análise de como eles foi obtidos e quais as suas implicações.
3.6 Considerações Finais:
Breve resgate das hipóteses/objetivos, relacionando-os aos resultados de maior destaque, e indicação de perspectivas para abordagem do tema.
Confirma ou refuta as(os) hipóteses/objetivos do trabalho.
Deverá apresentar deduções lógicas e correspondentes aos(às) objetivos/hipóteses propostos, ressaltando o alcance e as consequências de suas contribuições, bem como seu possível mérito.
3.7 Referências Bibliográficas:
Indicação da bibliografia, dos periódicos e de demais fontes efetivamente utilizadas pelo autor conforme normas da ABNT.
Citar as três fontes mais importantes.
ATENÇÃO! Sobre a colocação de Gráficos, Tabelas, Fotos e Figuras.
Quando houver Fotos, essas devem ser ampliadas, preferencialmente em cores, com boa resolução, contendo legenda abaixo das mesmas. Tabelas e Figuras, também devem ser ampliadas, com boa qualidade de impressão, contendo legenda explicativa.
RECOMENDA-SE MESCLAR TEXTO, GRÁFICOS E FIGURAS. NÃO ESQUEÇAM! 75% DO
BANNER DEVE SER COMPOSTO POR GRÁFICOS, TABELAS, FOTOS, FIGURAS, ETC.

CADERNO DE CAMPO
Caderno de Campo tem a finalidade de registrar o desenvolvimento do Trabalho Científico. O registro de atividades é organizado para que todos possam entender o seu conteúdo. Os conteúdos do Caderno de Campo são:
- folha de rosto com os dados do projeto
- folha de identificação
- termo de abertura do caderno, e definição do assunto.
- rascunho do Projeto de Pesquisa
- referências das consultas e resumo das consultas
- registros de Momentos de Orientação
- descrição dos experimentos
- medidas, cálculos, gráficos
- análise dos resultados
- rascunho do Relatório Final
- preparação da Apresentação
- termo de conclusão
-OUTRAS ANOTAÇÕES
OBS: REGULAMENTO NO FINAL DO CADERNO
Caderno de Campo é importante para criar o hábito de registrar as atividades referentes aos Trabalhos e outros estudos. Isto tem por finalidade facilitar o retorno a informações já estudadas. Quem não passou pela experiência de ter lido uma informação e na hora de precisar dela não lembrar onde?

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA EQUIPE
a) Orientador:
1. Nome:________________________________________ n° do celular__________________
b) Aluno(s)
1. Nome: ________________________________________sala______________n°________
E-mail:_____________________________________n° do celular______________________
2. Nome: ________________________________________sala______________n°________
E-mail:_____________________________________n° do celular______________________
3. Nome: ________________________________________sala______________n°________
E-mail:_____________________________________n° do celular______________________
4. Nome: ________________________________________sala______________n°________
E-mail:_____________________________________n° do celular______________________
5. Nome: ________________________________________sala______________n°________
E-mail:_____________________________________n° do celular______________________
6. Nome: ________________________________________sala______________n°________
E-mail:_____________________________________n° do celular______________________
7. Nome: ________________________________________sala______________n°________
E-mail:_____________________________________n° do celular______________________